Confira 3 dicas práticas para implantar benefícios flexíveis na empresa

28 . mar . 2019 Print This Article

Muitas empresas têm optado por oferecer benefícios flexíveis aos funcionários, como forma de se tornar mais atrativa e proporcionar mais motivação e engajamento. No entanto, apesar de simples, essa inovação ainda gera dúvidas entre os empresários e profissionais de Recursos Humanos.

É importante ressaltar que Plano de Benefícios deve atender aos objetivos da empresa e dos funcionários. Em relação ao funcionário, esse plano tem como finalidade melhorar a sua qualidade de vida e pode estar direta ou indiretamente integrado à remuneração. Ao analisar os interesses da empresa, os benefícios devem atender às necessidades básicas dos colaboradores de forma que mantenha baixos os índices de absenteísmo (ausência do posto de trabalho) e rotatividade.

A especialista em Recursos Humanos e facilitadora do Gestão de RH no Varejo, Ariana Gilberto. Foto: Adriano Rosa/SindiVarejista

O exercício inicial é saber quais são os benefícios oferecidos para que haja uma mudança consciente para a empresa e  consequentemente para os funcionários. Para ajudar empresários e profissionais de Recursos Humanos a reorganizar o plano atual para um modelo mais flexível, a especialista de RH e facilitadora dos workshops Gestão de RH no Varejo, Ariana Gilberto, separou 3 pontos importantes.

O tema “Como implantar benefícios flexíveis” será tema do próximo Gestão de RH, que ocorre dia 09/04, no Espaço Conexão Empresarial SindiVarejista. As inscrições estão abertas, clique aqui para saber mais.

Confira:

1-Realize uma pesquisa com seus funcionários

Realize uma pesquisa com os seus funcionários a fim de conhecer os seus hábitos, se estes moram com os pais ou sozinhos, ou até mesmo dividem as despesas com amigos. Aproveite e atualize os dados tais como: idade, endereço, estado civil, entre outros. Esses dados serão importantes para entender, inicialmente, quais são as necessidades dos colaboradores que podem ser suprimidas por meio de benefícios.

2. Busque benefícios voltados à qualidade de vida

Busque novas possibilidades de benefícios relacionados à qualidade de vida, pois é no trabalho que as pessoas passam uma boa parte do tempo. Logo, ter qualidade de vida neste período ou fora do horário de trabalho é essencial para o bem-estar geral e impactará para geração de um ambiente favorável para que os colaboradores se sintam motivados

3. Não é necessário fazer grandes reformulações

A empresa pode começar a reformular o seu Plano de Benefícios de forma simples, sem a necessidade de grandes mudanças. É possível fazer a introdução de novos benefícios a custo menor, sendo a mais uma possibilidade entre as escolhas disponíveis

 


Fique por dentro das novidades do SindiVarejista.

=> Cadastre-se no nosso Boletim de Notícias. Basta preencher  o formulário ao final da página.

=> Acompanhe as novidades pelo nosso Facebook, Instagram e Linkedin

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

TAG
campinas capacitação gestão de rh recursos humanos varejista varejsta
CATEGORIAS
Conexão Empresarial