Conexão Empresarial

Seminário atrai varejistas em busca de soluções para enfrentar a crise

Imprimir esse Artigo

seminariosebrae04O SindiVarejista promoveu na manhã da última quarta-feira (05) o seminário “Finanças em Tempos de Crise”. O evento foi realizado em parceria com o Sebrae e reuniu cerca de 40 varejistas na sede da entidade. A intenção do encontro, gratuito, foi orientar e dar dicas a empresários do varejo de como “sobreviver” em meio à crise econômica que afetou em cheio nosso país.

Cenário Econômico Outubro/2016 – Campinas

O economista da FecomercioSP, Jaime Vasconcelos, abriu o evento e passou um panorama de como a crise afetou a economia do país. Ele explicou como isso ocorreu e deu uma previsão de como a economia vai se comportar no próximo ano. “Vislumbramos uma melhora a partir de junho/julho. Mas serão necessários de 4 a 5 anos para voltarmos ao patamar classificado como ‘bom’ ”, afirmou.

Vasconcelos explicou também que o Brasil teve 15 anos de uma economia voltada ao consumo e era de se esperar o tamanho do déficit fiscal e a inflação alta. “A forma de endividamento das famílias foi completamente desfavorável ao crescimento econômico. E para piorar, as famílias estão endividadas no cartão de crédito e no cheque especial que são as duas piores formas de gerar dívidas”, afirmou o especialista. “Hoje estamos pagamos pelo modelo de desenvolvimento baseado no consumo no qual fomos inseridos pelo governo passado.”

O especialista acredita que em 2017 a inflação deve ceder, assim como o juros. Porém, ele acredita que o desemprego continuará por um bom tempo. “A indústria por exemplo está produzindo o que produzia em 2004, é um retrocesso de mais de 10 anos. Já o varejo voltou ao patamar de 2, 3 anos. Agora, pela previsão que estamos fazendo, o Natal deve ficar empatado com o ano passado. E isso já é um sinal positivo porque todas as datas comemorativas passadas registramos quedas na venda. Se no Natal vendermos igual já é um ganho positivo”, analisou.

Ele lembrou que é hora do varejo avaliar estoque e também se existe a real necessidade de contratar temporários. “É um custo, será realmente necessário? É preciso fazer uma avaliação e trabalhar a criatividade. O Pão de Açúcar, por exemplo, tem feito muito o que os mercadinhos e varejo de bairro faz, que é se aproximar do cliente. Ver o perfil, lançar de promoções pra casa cliente, tudo por meio de cadastro. O cliente se sente exclusivo. Esse é um típico case que dá certo e que os pequenos estão cansados de saber e fazer”, disse.

Sebrae

seminariosebrae01A apresentação do Sebrae aconteceu na sequência. O consultor de finanças do órgão em Campinas, Eduardo Da Costa Sene Neto, foi o responsável pela palestra. Ele passou dicas do que fazer em tempos de turbulência, as ações que devem ser tomadas nas empresas para sobreviver. “Quero fazer com que vocês reflitam de como está a gestão de sua empresa e vou recomendar algumas soluções que podem tirar o negócio do vermelho, com foco no caixa, custos, vendas, compras e pessoas da sua empresa”, afirmou.

A primeira estratégia apontada pelo consultor foi a chamada de ‘guerra’. “Quais são os pontos de atenção que o empresário deve ter para melhorar a situação de sua empresa. É importante olhar vários itens entre eles: fique de olho nos problemas e nas soluções, no excesso que deve ser eliminado, tem que estar preparado para o pior, tem que ter atenção às oportunidades e aposte no futuro, é preciso colocar mão na massa, além de ser sincero e ter transparência com o funcionário e o mais importante tem que ficar de olho no caixa”. Neto explicou todos os itens e deu a funcionalidade de cada um.

seminariosebrae02

seminariosebrae03

Na sequência três empresários contaram um pouco de seus históricos e também sobre as dificuldades enfrentadas ao longo do processo e até o atual momento. Quem estava presente pode fazer perguntas e tirar dúvidas com os especialistas do Sebrae e com os empresários que apresentaram seus cases.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer saber um pouco mais do conteúdo apresentado na palestra? Clique aqui e acesse a cartilha “Alavanque sua empresa em tempos de turbulência”

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560

TAG
crise economia emrpesas fecomerciosp finança Sebrae seminário SindiVarejista
CATEGORIAS
Conexão Empresarial Cursos e Palestras Empreendedorismo