Conexão Social

Projetos

Projeto Graffiti na Escola Conexão Social e Exposição Itinerante “O Trabalho é uma arte”

Objetivo

Valorizar o Trabalho e a prática da Cidadania como uma das ferramentas fundamentais na formação integral do cidadão. Para isso, buscamos utilizar a arte de rua como um instrumento de aproximação e envolvimento da comunidade.

Parceiros para uma construção Coletiva

O Conexão Social SindiVarejista acredita na legimidade do trabalho feito a várias mãos, buscamos o envolvimento efetivo de diferentes parceiros em nossas atividades. Para a realziação deste projeto o Conexão Social contou com a colaboração dos parceiros: Sesc Campinas, Senac, Amatra XV(Associação dos Magistrados do Trabalho) através da coordenação do Programa TJC (Trabalho, Justiça e Cidadania), Secretaria de Educação, Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do MIS (Museu da Imagem e do Som) através da Secretaria da Cultura do município de Campinas.

Cronograma de realização

Palestras e Oficinas – Julho a Setembro de 2015;
Vernissage Exposição – Outubro 2015;
Exposição Itinerante – de Outubro 2015 até data atual.

Como surgiu o Projeto Grafite na Escola

Em uma parceria com a Secretaria de Educação de Campinas, através da coordenação de EJA – Educação de Jovens e Adultos e da Amatra XV – Associação dos Magistrados do Trabalho (TRT da 15ª), o Conexão Social se propôs a trabalhar o tema “Trabalho, Justiça e Cidadania” através de uma linguagem mais lúdica, proporcionando maior relação com os alunos e consequentemente maior entendimento e envolvimento.

oficina graffiti_01 oficina graffiti_02

Proposta do Projeto

Conversa sobre graffiti com os professores e coordenação da EJA Pierre Bonhomme Campinas e o grafiteiro campineiro Gustavo Nénão, com o objetivo de envolver todos os professores nas atividades realizadas.

Graffiti para os professores

No dia 23 de julho 2015, foi realizado um primeiro encontro entre os professores, equipe pedagógica da EJA Pierre Bonhomme, parceiros (Amatra XV) e o grafiteiro Gustavo Nénão para falar sobre o Graffiti. O artista plástico Nénão contou um pouco da sua história e trajetória no graffiti, reforçou o quanto se sente realizado por poder viver de sua arte. O encontro foi organizado pelo Conexão Social com o objetivo de envolver as diferentes disciplinas, além de artes, de uma forma transversal para a realização das atividades com o graffiti.

Comunicação e Divulgação

Abaixo matéria divulgada na publicação impressa do SindiVarejista – Jornal Nosso Varejo edição de junho/15, com tiragem de 17 mil exemplares distribuídos para os comerciantes e parceiros.

Encontro com os alunos

No dia 25 de agosto das 10h às 11h30, aconteceu na EJA Pierre Bonhomme uma Palestra sobre Graffiti com o artista plástico Gustavo Nénão, para todos os alunos da escola. Os alunos interagiram com o grafiteiro, tiraram dúvidas e mostraram alguns desenhos de autoria própria.

Nénão conversa com a aluna com deficiência auditiva inscrita na Oficina.

Hora de colocar a mão na massa: Oficina de Grafite

A Oficina de Grafite foi dividida em quatro encontros, que aconteceram nos dias 3,4 e 10,11 de setembro no período da manhã no prédio da Escola. O grupo de alunos participantes, tiveram uma primeira conversa com o grafiteiro ao final da palestra.

Muito além de uma Oficina de Grafite

Em todo o processo de construção e aprendizagem o objetivo foi valorizar o trabalho, o espírito de equipe e os valores como a cidadania e a justiça. Para isso, foi fundamental reforçar a importância do papel de cada um na sociedade, principalmente da arte como instrumento de inclusão e identidade local.

O Rapper Adriano Bueno, em convite do Conexão Social participou do primeiro dia de oficina e conversou com o grupo sobre a história do Rap e a relação com o Grafite.


Ao final do primeiro dia de oficina, 3 de setembro, os alunos conheceram a tipografia utilizada no Grafite e foram convidados a fazerem um desenho livre.

Participantes da Oficina ao final do segundo dia de encontro


Alunos trabalharam em grupo na grafitagem de 16 painéis usando a técnica do stencil, ensinada pelo grafiteiro Nénão.

 

 

 

 


 

 

 

Com a ajuda e orientação do grafiteiro Nénão, os alunos trabalham em equipes na finalização dos painéis de grafite.

 

 

 

 

 

Matéria no Jornal Correio Popular de Campinas de 8 de setembro 2015, destaca o trabalho realizado na escola pelo professor de artes, utilizando a arte como um instrumento de inclusão e fala sobre a parceria com o Conexão Social e imagem coletiva em grafite.

 

 

 

 

Exposição Itinerante “O Trabalho é uma arte”

Os painéis produzidos durante a Oficina de grafite fazem parte de uma Exposição Itinerante com Vernissage realizada no Senac Campinas no dia 9 de outubro às 9h30 com a presença dos alunos, parceiros, convidados, imprensa local e comunidade.

 

 

 

Modelo do Convite para a Vernissage que foi feito impresso e online enviado a todos os envolvidos.

 

 

 

 

 

Aluna com deficiência auditiva, Maria Inês, apresenta um dos painéis que ajudou a produzir. Na foto também estão a presidente do SindiVarejista, Sanae, a juíza do Trabalho, Rita e o grafiteiro Nénão.

 

 

 

 

Lançamento do Mini documentário contando a história de todo o trabalho

Durante a Vernissage, no dia 9 de outubro, também foi feito o lançamento do mini documentário com a história do Projeto e imagens da Oficina.

A presidente do SindiVarejista, Sanae Saito, agradece a presença de todos, inclusive da Secretária da Educação, sra. Solange, parceiros e presentes, durante a exibição do vídeo.

Comunicação e Divulgação da Oficina de Grafite e Exposição Itinerante

As ações da Oficina de grafite e Exposição Itinerante tiveram ampla cobertura pela mídia local. Abaixo os links que foram reunidos em clipagem.

 

Site SindiVarejista

http://www.sindivarejistacampinas.org.br/noticia.php?id=2389

Campinas.com

http://www.campinas.com.br/cultura/2015/10/oficina-de-grafite-com-alunos-da-rede-publica-vira-exposicao-itinerante

 

G1 Campinas

http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2015/10/exposicao-itinerante-reune-grafites-feitos-por-estudantes-de-campinas.html