Campinas deverá ter “feriadão” entre os dias 25 e 27 de maio

19 . Maio . 2020 Print This Article


O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), seguiu o exemplo da capital paulista e do governo do Estado e decidiu adiantar dois feriados municipais para a semana que vem. Ele fez o anúncio na tarde desta terça-feira (19) em transmissão ao vivo em suas redes sociais.

Com isso, a cidade deve ficar com atividades suspensas na segunda-feira (25), terça (26) e quarta-feira (27). Na segunda, o governo estadual antecipou o feriado de 9 de julho, aniversário da Revolução Constitucionalista.

O feriado de Corpus Christi (11 de junho) foi para o dia 26 e o Dia da Consciência Negra (20 de novembro), para o dia 27. Os dois são feriados municipais. Contando o fim de semana, serão cinco dias parados.

Para a medida ser implantada, a Câmara ainda precisa aprovar um projeto, que prevê a antecipação e foi enviado hoje pelo Executivo. As votações devem acontecer até quinta para que seja sancionado e publicado até sexta (22). Como Jonas tem apoio da maioria da Casa, não deve haver problema para as aprovações.

O feriado no dia 8 de dezembro, dia da padroeira de Campinas, não foi modificado. “Quis deixar um feriado caso precise tomar a mesma medida mais pra frente”, disse Jonas.

O objetivo da medida é aumentar os índices de isolamento social no enfrentamento da pandemia de covid-19. Nos fins de semana e feriado, a taxa tem sido maior, acima de 50%. O isolamento entre 50% e 55% é um dos critérios adotados para promover medidas de flexibilização da quarentena e reabertura do comércio.

“Gostaríamos muito que quando chegar o dia 31 (de maio), possamos ter um horizonte de saída. Se compararmos feriado com as características de domingo, tem sentido”, disse o prefeito.

O prefeito destacou, no entanto, que os dias de descanso não são “para passear”. “Esse feriado não é para passear. É importante que as pessoas fiquem em casa. Precisamos intensificar o isolamento social para ter resultados no começo de junho. Tudo que fizermos de bom ou ruim vai se refletir no começo de junho”, disse o secretário Carmino de Souza. Carmino de Souza.

Fonte: ACidade ON Campinas

 

TAG
campinas feriado SindiVarejista
CATEGORIAS
SindiVarejista