Campinas prorroga fechamento do comércio até 5 de julho

26 . jun . 2020 Print This Article

A Prefeitura de Campinas informou nesta sexta-feira (26) que o comércio, não essencial de rua e shoppings, deve permanecer fechado até o dia 5 de julho. O novo decreto com a prorrogação do fechamento deve ser publicado neste sábado e ele ainda inclui a proibição das atividades de camelôs.

A determinação do fechamento do comércio de Campinas ocorreu na segunda-feira (22) e previa a paralisação das atividades até a próxima segunda-feira (29). Porém, o prefeito Jonas Donizette, afirmou hoje que ainda não há condições para a reabertura das lojas na próxima semana devido a alta incidência de casos do coronavírus e também por causa da alta taxa de ocupação de leitos para tratar a doença na cidade.

Drive-thru

O SindiVarejista lembra que os comerciantes podem seguir atuando, mas sem o atendimento presencial dos clientes. O município permite além da entrega via delivery, o modelo de drive-thru, pelo qual os comerciantes levam o produto da venda até o veículo onde está o cliente. Venda essa que pode ser negociada por meio on-line, por redes sociais, Whatsapp entre outros.

Leia também:
Varejista, evite multas e fique atento as regras para o funcionamento do comércio essencial

O lojista da área central que não tem estacionamento e nem vagas em frente a loja poderá usar as 31 vagas disponibilizadas nas ruas 11 de Agosto e na Visconde do Rio Branco. Lá, as vagas são demarcadas especialmente para essa finalidade, nas quais os veículos podem parar e receber a compra.

“Pedimos que o comércio use da forma correta e adequada o drive-thru. Na área central temos as vagas determinadas para a entrega desses produtos. Outra medida que as lojas devem tomar é afixar em frente dos comércios um telefone de atendimento para facilitar o contato de consumidores interessados em suas mercadorias”, afirmou a presidente do SindiVarejista de Campinas e Região, Sanae Murayama Saito.

Vale destacar que a Prefeitura informou que vai multar o comércio que não seguir a determinação de fechamento na cidade. A multa será de R$ 1,4 mil. Se ocorrer uma segunda autuação, o valor da multa será dobrado e na terceira, o comércio terá o alvará cassado por toda a quarentena. Nessa semana fiscais da Prefeitura estiveram em 72 estabelecimentos, sendo que três deles foram interditados por não ser de atividade essencial e 14 receberam autos de infração, por diversas irregularidades em relação ao decreto da pandemia, e serão multados em R$ 1.446,44.

Classificados Campinas

Para ajudar o comerciante neste momento de tantas incertezas, o SindiVarejista lançou o portal de vendas “Classificados Campinas”. Nele, o comerciante poderá expor seus produtos gratuitamente e negociá-los com seus consumidores. A plataforma é simples e fácil de operar. Clique aqui e comece a vender mais!

 


Fique por dentro das novidades do SindiVarejista.

=> Cadastre-se no nosso Boletim de Notícias. Basta preencher  o formulário ao final da página.

=> Acompanhe as novidades pelo nosso Facebook

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560

TAG
campinas comércio drive-thru SindiVarejista
CATEGORIAS
SindiVarejista