Demissões no varejo da região caem 46% no primeiro semestre

28 . ago . 2017 Imprimir esse Artigo

O comércio da região de Campinas demitiu mais do que contratou no primeiro semestre deste ano. Foram 3.247 desligamentos, resultado de 40.172 admissões contra 43.419 desligamentos. Só em junho último foram 336 postos de trabalho eliminados.

Apesar dos dados ainda serem considerados negativos, houve uma recuperação em relação ao ano passado quando no mesmo período foram eliminados 6.053 postos de trabalho no varejo. Uma queda de 46% nas demissões.

O dado é da Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) em parceria com o SindiVarejista.

Dados de junho

Das nove atividades analisadas, apenas farmácias e perfumarias (1,2%); supermercados (0,8%); e lojas de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos (0,4%) apontaram elevação no estoque de empregados em junho na comparação com o mesmo mês de 2016.

Os piores saldos foram vistos nos segmentos de lojas de móveis e decoração (-5,1%); lojas de vestuário, tecidos e calçados (-4,4%); e materiais de construção (-3,9%).

A pesquisa é elaborada com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), e o impacto do seu resultado no estoque estabelecido de trabalhadores no Estado de São Paulo, obtido com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

TAG
campinas comércio varejista demissões fecomercio SindiVarejista
CATEGORIAS
Economia Releases SindiVarejista