Eleições 2014: conheça um pouco sobre os cargos que estão na disputa eleitoral

24 . set . 2014 Print This Article

A poucos dias para o pleito eleitoral o Sindivarejista apresenta nesta matéria uma breve apresentação do sistema político brasileiro para auxiliar na escolha do candidato no próximo dia 5 de outubro, data marcada para o 1º turno das Eleições 2014.

As eleições de 2014 deverão definir o presidente e o vice-presidente da República, deputados federais, senadores, governadores e vice-governadores e deputados estaduais. O primeiro turno está marcado para o dia 5 de outubro e o segundo turno para o dia 26 de outubro de 2014. Mas, afinal, temos todos condições de escolher bem os nossos representantes?

Saiba mais sobre cargos e procedimentos para ajudar na hora da decisão.

Poder Executivo

Os cargos de presidente, vice-presidente, governador e vice-governador fazem parte do Poder executivo, responsável por governar o povo e administrar os interesses públicos, de acordo com as leis previstas na Constituição Federal.

Presidente é o chefe de Estado e de governo da República Federativa do Brasil, regida pelo regime presidencialista.

Tem o dever de sustentar a integridade e a independência do Brasil, apresentar um plano de governo com programas prioritários, projeto de lei de diretirzes orçamentárias e as propostas de orçamento.
Cabe ao POder Executivo vigorar as leis elaboradas pelo Poder Legislativo, mas o Executivo também pode iniciar esse processo. Entre as principais atribuições da Vice-Presidência está a defesa do interesse nacional em fóruns, encontros e negociações internacionais. Na esfera estadual, o governador deve exercer, com auxílio dos secretários de Estado, a direção superior da administração estadual.

Isso implica em iniciar o processo legislativo, na forma e nos casos previstos pela Constituição; sancionar, promulgar e fazer publicar as leis bem como expedir decretos e regulamentos para sua fiel execução; vetar projetos de lei, total ou parcialmente; e ativdades afins. O vice-governador substitui o governador em sua ausência.

Pode Legislativo

O Processo Legislativo é um conjunto de ações realizadas pelos órgãos do Poder Legislativo com o objetivo de proceder à elaboração das leis, sejam elas constitucioanis, complementares e ordinárias, resoluções ou decretos legislativos.

O Poder Legislativo do Brasil é formado pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados. O deputado federal é o representante do povo no Congresso Nacional e se mandato é de quatro anos, sem limite para a reeleição. A Câmara dos Deputados é composta por 513 membros, que recebem um salário mensal de aproximadamente R$ 16 mil. A principal função desse cargo é a elabora&cceccedil;ão de leis.

No Senado Federal, a cada quatro anos elege-se alternadamente um ou dois senadores por estado, e o mandato tem duração de oito anos, sem limite para a reeleição. Entre as principias atribuições dos  senadores estão elaborar seu regimento interno; processar e julgar o Presidente e o Vice-Presidente da República, os Ministros do Supremo Tribunal Federal, Membros do Conselho de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, Procurador-Geral da República, Ministros de Estado e os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica; autorizar operações externas de natureza financeira; entre outras.

Nos estados, o deputado estadual tem incumbência de representar o Povo, desenvolvendo suas ações na Assembleia Legislativa Estadual. Sua função principal é legislar, propor, emendar, alterar e revogar leis estaduais.

Além de fiscalizar as contas do governo estadual e criar Comissões Parlamentares de Inquérito. Em situações normais, seu mandato é de quatro anos, com direito a reeleição diversas vezes.

Proposta pode ser apresentada pelo cidadão

O projeto de lei ordinária pode ser apresentado tanto na Câmara de Deputados quanto no Senado Federal.
Qualquer membro ou comissão das duas casas podem encaminhar, assim como a presidência, o Supremo Tribunal Federal, os Tribunais Superiores, a Procuradoria-Geral da República e os cidadãos (por iniciativa popular). Para saber melhor a quem encaminhar uma iniciativa popular ou para cobrar mais ação do seu representante, consulte o site da Câmara Legislativa (www2.camara.leg.br). Por este endereço, é possível saber o que eles fazem, enviar e-mail e também receber retorno. Não deixe de acompanhar

SAIBA MAIS

Confira dicas de sites que ajudam a entender melhor a política brasileira

 tse.jus.br
Confira a lista de gestores públicos com contas irregulares;
Prestação de contas: TSE realiza curso para esclarecer dúvidas
sobre o tema.

camara.leg.br
Centro de Estudos e Debates Estratégicos; Solicitações de livros;
Conheça os Deputados.

 al.sp.gov.br
Sistema do Processo Legislativo – Projetos; Agenda diária de
tudo o que acontece na Assembleia.

Blogs de colunistas políticos:
 Reinaldo Azevedo > veja.abril.com.br/blog/reinaldo
 Julia Duailibi > blogs.estadao.com.br/julia-duailibi
 Noblat > oglobo.globo.com/pais/noblat
Regionais
 Xeque Mate do jornal Correio Popular, colunista Milene Moreto
 Blog da Rose Guglielminetti do jornal Metro.

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Adriana Menezes e Luciana Félix – (19) 3775-5560
adriana.menezes@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

CATEGORIAS
Legislação SindiVarejista