Enxuto: um lema que perdura até hoje

by Bruna Mozer | 13.11.2017 13:06

O “Eu, Varejista” desta edição conta a história do Enxuto Supermercados, empresa fundada em Campinas em 1963, no formato de pequeno comércio de secos e molhados. Quem conta é Janneti Bragancini Giacometti, gerente de RH que trabalha na empresa há 26 anos. Ela relata como a frase do fundador do negócio, João Batista Gonçalves, é presente até hoje entre todos os colaboradores: “Querer é poder, o impossível não existe. Quando a gente quer, a gente consegue”.

Segundo Janneti, a empresa começou na década de 1960 como uma beneficiadora de arroz, transformando-se logo em seguida em um pequeno comércio de secos e molhados. Já em 1973, foi aberto o primeiro supermercado que ampliou o simples negócio. O grande marco da empresa, contudo, ocorreu em 1990 com a inauguração do primeiro hipermercado.

“O fundador sempre sonhou em concorrer com grandes redes de supermercados, por isso, a inauguração do primeiro hipermercado foi um momento muito marcante que reforçou o seu lema e confirmou que, sim, quando há vontade e muito trabalho, é possível”, disse a gerente.

Até então, todas as unidades abertas tinham até 2 mil m². Já o hipermercado, quando inaugurado, contava com 5.100 m² e quase 500 funcionários integrando a equipe. “É até hoje uma loja completa, que trabalha para atender todos os públicos e atua fortemente no atendimento aos seus clientes”, acrescenta.

Hoje, aposentado, “seo” João Batista não mora mais em Campinas. A empresa passou pelo processo de governança corporativa e atualmente funciona por meio de conselhos compostos pelos quotistas e de um diretor geral. Atualmente, a empresa possui seis lojas nas cidades de Campinas, Rio Claro, Piracicaba, Cosmópolis e Limeira, um centro de distribuição e uma unidade administrativa. Ao todo, 1,5 mil colaboradores trabalham nas unidades.

“O Enxuto é uma empresa consolidada, sólida e respeitada no mercado. A sua história mostrou como a frase do fundador da empresa se tornou um lema interno, que sempre projetamos no dia a dia da empresa”, finaliza Janneti.

Essa reportagem foi publicada na edição 42 do Nosso Varejo. Para ler outras matérias, clique aqui[1]

Endnotes:
  1. Essa reportagem foi publicada na edição 42 do Nosso Varejo. Para ler outras matérias, clique aqui: http://sindivarejistacampinas.org.br/wp-content/uploads/dlm_uploads/2017/10/nv42_web.pdf

Source URL: http://sindivarejistacampinas.org.br/sindivarejista/enxuto-um-lema-que-perdura-ate-hoje/