Faturamento do varejo da região deve crescer 9% em junho, mês do Dia dos Namorados

07 . jun . 2018 Imprimir esse Artigo

O faturamento real do comércio varejista na região de Campinas deve crescer 9% em junho, mês do Dia dos Namorados, em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com as projeções do SindiVarejista em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). A estimativa é que as vendas do período atinjam R$ 4,9 bilhões.

O Dia dos Namorados é a terceira data comemorativa de maior movimento do varejo e, para o período, os itens de vestuário, calçados e acessórios aparecem como os preferidos na hora de presentear. Na sequência, estão os perfumes e cosméticos, joias e bijuterias e, em seguida, um jantar romântico.

Segundo a presidente do SindiVarejista, Sanae Murayama Saito, a expectativa é de um comportamento mais cauteloso do consumidor neste Dia dos Namorados. “Motivado pelas incertezas nos cenários político e econômico, ainda que alguns indicadores estejam melhores do que há um ano, como inflação e juros”, afirmou.

Entre as nove atividades analisadas, as lojas de vestuário, tecidos e calçados são as mais beneficiadas pela data e tendem a mostrar movimento relevante mensal em junho, sendo
tradicionalmente o segundo melhor mês do semestre, ficando abaixo apenas do volume de faturamento de maio, em decorrência do Dia das Mães.

Deverá pesar negativamente o momento de instabilidade interna a recente paralisação dos caminhoneiros, que gerou grande impacto sobre todas as atividades internas e algumas pressões de preços inesperadas sobre itens essenciais, ingredientes que certamente tem reflexo direto sobre a confiança dos consumidores, inibindo inclusive a intenção de presentear, segundo a análise da presidente.

TAG
campinas fecomercio SindiVarejista vendas
CATEGORIAS
Economia Empreendedorismo SindiVarejista