ICC de Campinas recua após quatro altas consecutivas

16 . abr . 2018 Imprimir esse Artigo

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) de Campinas recuou 3,2% em março, ao passar de 112,9 pontos em fevereiro para 109,7 no mês passado. A queda interrompeu uma sequência de quatro altas consecutivas. No comparativo anual, porém, o ICC registrou pouca variação, alta de apenas 0,4 ponto.

O ICC é elaborado mensalmente pelo SindiVarejista de Campinas e Região em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e a escala de pontuação varia de zero (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total).

Também houve variação nos dois componentes do indicador na passagem de fevereiro para março. O Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) recuou 14%, passando de 68,4 para 58,6 pontos. O Índice das Expectativas do Consumidor (IEC) aumentou 11%, ao passar de 142 pontos em fevereiro para 143,7 pontos em março.

Segundo a presidente do SindiVarejista, Sanae Murayama Saito, nos dois primeiros meses do ano a confiança dos consumidores, em geral, reflete os efeitos positivos dos recursos do décimo terceiro salário e do reajuste do salário mínimo. “Porém, esses fatores se dissipam em março, o que motiva essa retração do indicador”, explicou.

SÉRIE HISTÓRICA

2018
Março – 109,7
Fevereiro – 112,6
Janeiro – 111,9

2017
Dezembro – 108,3 pontos
Novembro – 102,1 pontos
Outubro – 100,4 pontos
Setembro – 104 pontos
Agosto – 111,5 pontos
Julho – 111,2 pontos
Junho – 113,6 pontos
Maio – 114,1 pontos
Abril – 116,7 pontos
Março – 109,3 pontos
Fevereiro – 106,2 pontos
Janeiro – 107,3 pontos

TAG
comércio consumo expectativa ICC vendas
CATEGORIAS
SindiVarejista