Intenção de compra no varejo cresce para o terceiro trimestre

15 . jul . 2010 Imprimir esse Artigo

A intenção de compra de produtos do varejo continua alta entre os consumidores, bem como a utilização de crédito para o consumo no setor. Segundo revelou a Pesquisa Trimestral de Intenção de Compra no Varejo, do Programa de Administração do Varejo (Provar), da FIA, 75,6% das pessoas consultadas pretendem comprar ao menos um produto das categorias analisadas no terceiro trimestre, o que representa uma alta de 1,4 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano passado.
Frente ao segundo trimestre deste ano, a alta é de um ponto percentual. "Mesmo com a elevação nos juros e a retirada de alguns estímulos fiscais, a intenção de compra é alta", afirmou o coordenador geral do Provar, Claudio Felisoni.
Dez grupos de bens são analisados no levantamento: Linha Branca, Eletroeletrônicos, Telefonia e Celulares, Informática, Automóveis e Motos, Cine e Foto, Material de Construção, Cama, Mesa e Banho, Móveis e Eletroportáteis. Para a compra de produtos de nove desses grupos, a pesquisa revelou a elevação da intenção dos consumidores em utilizar crédito, quando se compara com o terceiro trimestre do ano passado.
"Concluímos, com a pequisa, que 14,9% do orçamento dos entrevistados já estão comprometidos com crediário e que sobram 15,3% para outras despesas", destacou Felisoni. O estudo considera que a renda média da base pesquisada atinge cerca de R$ 1.500. A amostra engloba 500 consumidores na cidade de São Paulo, entrevistados entre 14 e 25 de junho deste ano.

CATEGORIAS
Economia SindiVarejista