Inverno fraco adianta liquidações e varejo faz malabarismos para evitar o prejuízo

22 . jul . 2019 Print This Article

Martinez mostra uma de suas botas preferidas. Foto: SindiVarejista

As temperaturas mais baixas neste ano demoraram para chegar e, mesmo assim, não ocorreu de forma constante. Teve semanas que o calor chegou perto dos 30ºC em pleno Outono. O frio mais intenso ocorreu apenas neste mês, onde a sensação de frio durou alguns dias.

Essa inconsistência no tempo complicou a vida dos comerciantes que muitas vezes esperam ansiosamente pelo período de temperaturas mais baixas para vender produtos com maior valor.

E, neste ano, mais uma vez, o clima não ajudou e muitos tiveram que adiantar, em mais de um mês, promoções e liquidações. Uma volta por ruas de comércio, na região central, e por corredores de shoppings dá para ver a imensa quantidade de cartazes de promoções, descontos e liquidações. O consumidor ama, mas quem está atrás do balcão muitas vezes está fazendo malabarismo para conseguir evitar o prejuízo.

Se é ruim para o setor de roupas e cobertores, é pior ainda para os comércios setorizados em calçados. Para eles, essa época mais fria é como um Natal, onde os calçados com valor maior, como botas por exemplo, são os mais vendidos. Se o frio demorar para acontecer, as chances de conseguir rodar o estoque diminui cada vez mais. O risco é ficar com uma coleção parada e que não vai vender como deveria. Além de que, estoque parado é dinheiro perdido.


Uma das lojas mais tradicionais no ramo de calçados em Campinas é a Ibiza. A marca fundada no começo da década de 1980 atualmente possui nove unidades na cidade e já começou sua promoção. O proprietário e franqueador da marca José Martinez, é expert em vendas e também nos gráficos sobre o clima que precisam ser montados para conseguir equilibrar as vendas de seus produtos.

“O Inverno para o setor calçadista começa em abril e segue até agosto. Porém, só vai ser uma temporada boa quando faz frio no começo, o que não acontece já faz algum tempo. Quanto mais tempo passa fazendo calor, maior são as perdas”, explicou o empresário.

Ele explica que essa antecipação dos preços mais baixos é bastante complicada para o setor. “O normal é começar as promoções e liquidações em 15 de agosto. Só que neste ano, o comércio em geral antecipou para mais de um mês. Isso faz as margens ficarem muito abaixo do esperado”, avaliou.

Neste ano o empresário está dando descontos progressivos. Além dos que estão na etiqueta, quem leva um calçado tem 10% de desconto, dois pares o desconto aumenta para 20%, três ou mais, sobe para 25%.

“A impressão que tenho é que nos últimos invernos o número de dias frios diminuiu, além desse período chegar atrasado. Quando chega é por um período muito curto”, afirmou. Ele ressalta que no Inverno os produtos são mais caros e o consumo é menor. Já no Verão, os produtos são mais baratos, mas o número de venda é maior. “Mas a diferença ainda sobra a favor do período frio. É nessa época que fazemos nosso ano. Mas bola para frente e vamos vender e reinventar”, afirmou.

Etiquetas douradas

O empresário lançou também, além das promoções, uma etiqueta dourada onde o cliente poderá ter certeza de que aquele calçado nunca entrará em promoção. “Tem o outro lado das promoções, há clientes que ficam bravas em levar o produto x e depois de pagar um preço ele acaba perdendo valor ao entrar em liquidação. Sabemos que isso é muito complexo, mas com a etiqueta dourada a cliente vai saber que aquele calçado nunca vai entrar em promoção ou terá o preço alterado. É uma fidelidade com nossas clientes”, afirmou.

História da Ibiza

A história da Ibiza começou muito antes da sua primeira loja física ser instalada no início da década de 1980 na Avenida José de Sousa Campos (Norte-Sul). Ela começou com as viagens que Martinez fazia aos Estados Unidos onde comprava produtos para revender por aqui quando ele nem tinha 20 anos. “Montei tudo na casa dos meus pais e vendia. Era um verdadeiro sacoleiro. Mas da mesma forma que comprava lá e vendia aqui, comprava sapatos aqui e vendia lá. Com o tempo os sapatos que costumava vender para fora, passou a ser comprados por clientes daqui”, explicou.

O nome da marca surgiu porque o empresário é de família espanhola. “Lá diziam que os melhores calçados eram feitos por pessoas que moravam em Ibiza, ai não tive dúvidas quanto ao nome”, explicou.

Até o começo dos anos de 1990 a marca tinha fábricas próprias. “A Ibiza chegou a ter três fábricas e fazia roupas, sapatos, bolsa e cintos. Cheguei a ter 17 lojas. Mas em 1994 quando houve o processo de verticalização fomos reduzindo e hoje estamos com nove lojas em Campinas e virei franqueador”, explicou.

As lojas da marca têm cerca de 7 mil itens entre calçados femininos, alguns masculinos, bolsas, cintos, carteiras e a maior parte produzidos em couro. “É nosso DNA. Hoje não temos fábrica, mas temos fábricas parceiras que pegam nossos modelos para a fabricação”, explicou.

O empresário também se orgulha de duas “invenções” que fez: a primeira é o modo de exposição dos calçados e atendimento das lojas que lembram grandes closets por causa das gavetas onde os calçados ficam expostos a disposição e interesse dos clientes. Cada ambiente é dividido pelo tamanho do calçado. “A cliente chega, vai até o setor onde está seu número, e nele, puxa as gavetas, olha, pega o que quer, senta e prova. Quando precisa pede ajuda para um vendedor”, afirmou.

Outro orgulho do empresário é a máquina elétrica de lacear os calçados. “Você não vai encontrar porque desenhei e mandei fazer”, fala orgulhoso.

Mudança

A novidade para o próximo mês é que a marca vai mudar o prédio onde funciona a loja da Rua Conceição. “Restauramos um prédio antigo e tombado pelo patrimônio histórico de Campinas”. O prédio de 1920 fica entre as ruas Conceição e Barão de Jaguara e será a nova sede da loja.

Endereços:

Rua Conceição, 49, Centro
Rua General Osório, 1.583, Centro
Avenida Dr. Moraes Salles, 2.550, Jardim Paraiso
Eng. Saturnino de Brito, 349, Vila Itapura
Campinas Shopping
Parque D. Pedro Shopping
Unimart Shopping
Shopping Parque das Bandeiras


Fique por dentro das novidades do SindiVarejista.

=> Cadastre-se no nosso Boletim de Notícias. Basta preencher  o formulário ao final da página.

=> Acompanhe as novidades pelo nosso Facebook

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

TAG
comércio eu ibiza calçados SindiVarejista varejista venda
CATEGORIAS
SindiVarejista