Medicina e Segurança do Trabalho é exigência no eSocial; parceria do SindiVarejista dá 20% de desconto

02 . jul . 2018 Imprimir esse Artigo

Para as empresas do setor privado, incluindo as empresas optantes pelo Simples Nacional (ME, EPP e MEI) e pessoas físicas que possuam empregados, a adesão ao eSocial é obrigatória já, a partir deste mês. Entre as obrigações da nova forma de repassar os dados das empresas ao governo federal se destaca as informações sobre Medicina e Segurança do Trabalho.

A categoria é um dos pontos que merecem atenção do empregador no processo de implantação do eSocial. “Isso é tão importante que será um dos últimos pontos do cronograma do eSocial e passará ser obrigatório em janeiro de 2019. Por isso, a dica é que as empresas busquem regularizar a situação de todos os funcionários”, afirmou a advogada da FecomercioSP, especialista em eSocial e também de Direito Tributário e Previdenciário, Sarina Sasaki Manata.

“Os programas são obrigatórios há muitos anos, mas nem sempre são cumpridos. Vale ressaltar que as multas para descumprimento desses programas são muito elevadas. Por isso, é importante que o empregador regularize as questões dos programas como PCMSO e PPRA antes do prazo”, alertou.

O SindiVarejista possui dois parceiros em Medicina e Segurança do Trabalho especializado em varejo. A parceria do SindiVarejista dá desconto de 20% para associados.  CLIQUE AQUI E CONFIRA

 

 


Fique por dentro das novidades do SindiVarejista.

=> Cadastre-se no nosso Boletim de Notícias. Basta preencher  o formulário ao final da página.

=> Acompanhe as novidades pelo nosso Facebook

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

TAG
esocial fecomercio medicina e segurança do tranalho SindiVarejista
CATEGORIAS
SindiVarejista