Micro e pequena empresa paulista fatura 7,1% mais

18 . abr . 2013 Imprimir esse Artigo

O faturamento real (descontada a inflação) das micro e pequenas empresas paulistas aumentou 7,1% em fevereiro ante o mesmo m&ececirc;s do ano passado – o melhor resultado para fevereiro desde 2001, de acordo com a pesquisa mensal Indicadores feita pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas EMpresas da seção São Paulo (Sebrae). Foi o 14º aumento consecutivo no indicador na comparação de um mês com o mesmo mês do ano anterior.

A receita total das empresas paulistas somou R$ 42,8 bilhões em fevereiro, o que representa R$ 2,8 bilhões a mais do que em igual período de 2012. Na comparação com janeiro deste ano, a elevação foi de n4,9% – ou R$ 2 bilhões. Na média, cada micro e pequena empresa viu entrar no seu caixa R$ 27.387,93. De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, o ritmo modesto do crescimento da economia brasileira não impediu as empresas de ter um bom desempenho. "O consumo aquecido garantiu o resultado", disse.

CATEGORIAS
Economia SindiVarejista