Movimento é legítimo, mas deve reprimir minoria violenta

by Webmaster | 21.06.2013 16:25

Após o primeiro dia de manifestação em Campinas, quando pelo menos 35 mil pessoas foram às ruas do Centro para expressar a insatisfação generalizada com os políticos brasileiros, o Sindivarejista manifesta apoio às manifestações. Os atos de vandalismo contra o comércio e a sede do governo municipal, no entanto, nos causam indignação e preocupação. Reforçamos, portanto, nossas orientações sobre como o comércio deve se prevenir e se proteger (ver abaixo o texto do panfleto que foi distribuído no comércio da área central de Campinas).

Educação começa em casa

Para o sindicato, os movimentos são legítimos, mas a minoria violenta que acaba com a Paz das manifestações deve ser reprimida. “Isso mostra mais um problema de nossa sociedade: a falta de educação em todos os sentidos. As famílias devem estar mais atentas, porque a educação e a segurança devem começar dentro do convívio familiar. A discussão sobre o próprio movimento deve acontecer em família, no entender de cada um”, disse Sanae Murayama Saito, presidente do Sindivarejista Campinas.

Sanae também sugere que os comerciantes expressem aquilo que desejam para a sua empresa e para uma sociedade melhor. E que cada um manifeste da forma que preferir, por faixa, cartaz, bandeira nacional ou bandeira branca.

Balões brancos

A receptividade dos manifestantes durante a entrega dos balões brancos, realizada pelo Sindivarejista na quinta-feira, demonstrou como a maioria defendia o protesto pela Paz. Em dias de manifestação, o Sindivarejista mantém a sugestão de colocar faixas brancas na frente do estabelecimento em sinal de apoio e pela Paz. O esforço deve ser por uma manifestação pacífica, sem violência e sem destruição física do patrimônio público ou privado da cidade.

Na quinta-feira, o ato começou no Largo do Rosário e, em poucas horas, a multidão tomou conta da Avenida Francisco Glicério que foi fechada pelos próprios manifestantes.  Lojas e estabelecimentos comerciais encerraram suas atividades por volta das 15h. Muitos, já naquele dia, colocaram faixas brancas e cartazes com apelo de paz e apoio ao protesto sem violência. O Sindivarejista também recomendou que os comerciantes retirassem lixo da porta das lojas e também qualquer tipo de entulho ou material inflamável, além de retirarem produtos da vitrine. As recomendações são as mesmas para o novo protesto desta sexta-feira (21/06).

PANFLETO

ORIENTAÇÕES AO COMÉRCIO VAREJISTA SOBRE AS MANIFESTAÇÕES DE RUA

O Largo do Rosário, em Campinas, será palco amanhã, dia 20, de uma manifestação por melhorias no País que deve reunir milhares de pessoas na área central. A concentração está marcada para as 16h e os organizadores farão uma passeata por ruas e avenidas do Centro a partir das 17h.

Preocupado com algumas ações de grupos isolados que promoveram vandalismo e saques a estabelecimentos comercias nos protestos que ocorreram em São Paulo, o Sindivarejista Campinas orienta seus representados a tomarem ações de precaução para evitar prejuízos aos seus estabelecimentos comerciais:

ORIENTAÇÕES:

– Inicie o fechamento do caixa do estabelecimento às 14h;
– Não deixe grande quantia em dinheiro ou cheques no caixa da loja;
– Não impeça a livre circulação em sua calçada;
– Não coloque lixo nas calçadas, retirando principalmente os produtos inflamáveis;
– Tire lixeiras, entulhos de construções e caçambas da frente do estabelecimento;
– Se possível, retire os produtos da vitrine;
– Se a fachada da loja for de vidro, coloque tecido branco para resguardar o interior da loja.

SUGESTÕES:

– Colocar faixas brancas na fachada a favor de uma manifestação de paz;
– Dispensar os funcionários para que possam usar o transporte público ou participar da manifestação.

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br[1])
Adriana Menezes e Luciana Félix – (19) 3775-5560
adriana.menezes@sindivarejistacampinas.org.br[2] ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br[3]

Endnotes:
  1. imprensa@sindivarejistacampinas.org.br: mailto:imprensa@sindivarejistacampinas.org.br
  2. adriana.menezes@sindivarejistacampinas.org.br: mailto:adriana.menezes@sindivarejistacampinas.org.br
  3. luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br: mailto:luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

Source URL: http://sindivarejistacampinas.org.br/sindivarejista/movimento-e-legitimo-mas-deve-reprimir-minoria-violenta/