Presidente do Sindivarejista se reúne com Campos Filho

25 . mar . 2013 Imprimir esse Artigo

A presidente do Sindivarejista, Sanae Murayama Saito, se encontrou na última terça-feira, dia 19, com o presidente da Câmara Municipal de Campinas, Campos Filho. A reunião aconteceu na sede do Legislativo.
Além de dar boas vindas ao presidente e colocar o Sindivarejista a disposição da Câmara para possíveis parcerias, Sanae fez um pedido para que Campos olhe com atenção a Política de Resíduos Sólidos que deve ser tema de debates na casa este ano. Sanae sugeriu levar palestrantes com domínio no assunto ao Legislativo para que possam esclarecer dúvidas dos vereadores sobre o tema. 

A lei, sancionada no final de 2010, dita que cada município deve elaborar um plano local de gestão dos resíduos sólidos. Ela prevê, entre outras coisas, o fim dos lixões e a instauração da coleta seletiva e da reciclagem em todos os municípios brasileiros até 2014.

“Ainda há muitas dúvidas sobre esse assunto. É muito comum as pessoas acharem que os comerciantes são obrigados a recolherem, por exemplo, lâmpadas fluorescente, mas ninguém imagina que aquilo acarreta um gasto para o comerciante. Cada lâmpada custa R$ 2,00 para ele recolher. Precisamos juntos encontrar saídas para este descartes e outros. A responsabilidade tem que ser compartilhada. Acredito que só a educação vai facilitar este caminho. Toda a cadeia produtiva tem que participar, desde quem produz, fabrica, vende e consome. E o Município deve criar maneiras e saídas para este fim”, afirmou.

Campos aceitou a proposta da presidente em trazer um palestrante para falar sobre o tema. “Este ano teremos muitas reuniões da Comissão de Estudos que cuida desse tema. Acredito que a presença de uma pessoa que entenda mais sobre o assunto irá facilitar na orientação das decisões”, disse.

Campos Filho também convidou Sanae para participar de audiências públicas sobre o tema e levar as solicitações do comércio.

Saiba Mais 

A Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao País no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos.

Prevê a prevenção e a redução na geração de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável e um conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos (aquilo que tem valor econômico e pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (aquilo que não pode ser reciclado ou reutilizado).

Institui a responsabilidade compartilhada dos geradores de resíduos: dos fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, o cidadão e titulares de serviços de manejo dos resíduos sólidos urbanos na Logística Reversa dos resíduos e embalagens pós-consumo e pós-consumo.

Cria metas importantes que irão contribuir para a eliminação dos lixões e institui instrumentos de planejamento nos níveis nacional, estadual, microregional, intermunicipal e metropolitano e municipal; além de impor que os particulares elaborem seus Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos.

Também coloca o Brasil em patamar de igualdade aos principais países desenvolvidos no que concerne ao marco legal e inova com a inclusão de catadoras e catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis, tanto na Logística Reversa quando na Coleta Seletiva.

Além disso, os instrumentos da PNRS ajudarão o Brasil a atingir uma das metas do Plano Nacional sobre Mudança do Clima, que é de alcançar o índice de reciclagem de resíduos de 20% em 2015.

 Assessoria de Imprensa Sindivarejista 

Adriana Menezes – adriana.menezes@sindivarejistacampinas.org.br
Luciana Félix – luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br
imprensa@sindivarejistacampinas.org.br
Telefone: (19) 3775-5560

 

CATEGORIAS
SindiVarejista