Procon orienta consumidor a vigiar afixação de preços no comércio

01 . mar . 2016 Print This Article

preco_produtosO Procon de Campinas lançou uma cartilha com orientações ao consumidor para que ele vigie as afixações de preço dos comércios da cidade. Em caso de dificuldade em entender o valor, acionar o órgão.

Por isso varejista preste atenção na forma de como os preços dos produtos estão fixados em seu estabelecimento.

Segundo o Procon, o consumidor não deve precisar recorrer a ajuda de qualquer natureza, seja de consultas ao vendedor, cálculos mentais ou de calculadora, nem mesmo a esforços visuais, para entender a informação de preço da mercadoria.

O consumidor tem que entender de imediato o valor exato da mercadoria/produto que   busca,   sem   usar   de   situações que, direta   ou   indiretamente, dificultem   a   compreensão      ou camuflem a verdadeira informação.

O preço deve ser visualizado com facilidade, divulgado em letras legíveis, com caracteres e números facilmente identificados e sem rasuras, e também deve estar próximo ao produto.

TAG
afixação de preço procon SindiVarejista varejo
CATEGORIAS
Economia Legislação SindiVarejista