Sindicatos lançam aplicativo para pequenos e médios varejistas venderem na internet

by Luciana Felix | 21.10.2016 09:33

lojas-appO Sindilojas de Campinas e Região e SindiVarejista de Campinas e Região lançaram nesta segunda-feira (21) o aplicativo “Lojas APP”, uma ferramenta Market Place que tem como objetivo ampliar e facilitar o acesso de pequenos e médios comerciantes à venda online de produtos existentes na loja física.

A ferramenta, disponível gratuitamente para os sistemas IOS e Android, é intuitiva e pode ser gerenciada pelos empresários ou próprios funcionários da loja, sem a necessidade de treinamento. Para isso, após o download, é preciso apenas criar um perfil da empresa e cadastrar os produtos existentes na loja física – com fotos, detalhes, descrições, preços etc. O consumidor pode comprar o produto pelo smartphone e receber o item pelos Correios ou fazer a retirada no local – sistema Phigital, já usado em outros países.

Outra característica exclusiva do app é a possibilidade do cliente escolher qual loja ele quer seguir, criando assim sua própria vitrine, num modelo semelhante ao Instagram. Qualquer lojista do país poderá usar o aplicativo para ampliar as suas vendas.

Para as entidades, a criação do aplicativo foi inspirada no princípio de que, atualmente, o lojista não pode depender apenas de sua loja física (off-line), mas sim precisa ter pontos de venda também virtual. “Precisamos buscar facilidades para integrar, especialmente o pequeno e médio empresário, às vendas online. Não podemos mais separar, todos têm que estar integrados ao mundo digital”, disse o vice-presidente do Sindilojas, Carlos Augusto Gobbo.

O e-commerce tem ganhado cada vez mais espaço no varejo, mas por falta de recursos, muitas vezes, as pequenas e médias empresas não conseguem adentrar ou implantar esses modelos de negócio devido ao custo alto. A cobrança pelo uso do aplicativo é feita por meio de um percentual nas vendas realizadas, sem a necessidade de investimento inicial ou custo fixo. Os meios de pagamento são totalmente integrados usando o PagSeguro ou cartão de crédito.  “Por isso, buscamos uma opção prática, intuitiva, que não demanda investimento inicial ou contratação de funcionários e profissionais para operar o sistema”, explicou Gobbo.
Uma pesquisa do Google divulgada na última segunda-feira (17) mostra que o comércio eletrônico deve dobrar sua participação no faturamento do varejo até 2021, crescendo em média 12,4% ao ano. Isso representa que as vendas vão dobrar em cinco anos, chegando a R$ 85 bilhões. A participação deve sair de 5,4% em 2016 para 9,5% em 2021.

Veja no vídeo abaixo como usar

Capacitação

Além do aplicativo, os sindicatos também pretendem realizar workshops semanais para capacitar, especialmente pequenos e médios comerciantes, a usarem ferramentas digitais (Facebook, Instagram e WhatsApp) integradas ao “LojasAPP” para ampliar as vendas. “Em momentos de crise como o que estamos vivendo, é preciso buscar soluções inovadoras. Nosso maior intuito é garantir o desenvolvimento do varejo e dar ferramentas para que o empresário possa se adequar as necessidades dos consumidores da atualidade”, afirmou a presidente do SindiVarejista, Sanae Murayama Saito.

Conheça as vantagens:

– retenção de clientes no canal web e mobile

– não precisa de mais funcionários

– não precisa abrir uma nova empresa

– confirme a venda antes de debitar no cartão (garante que o produto contém em estoque)

– cada filial pode ter seu aplicativo

– custo variável; crescimento sem gerar despesa

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

Source URL: http://sindivarejistacampinas.org.br/sindivarejista/sindicatos-lancam-aplicativo-para-pequenos-e-medios-varejistas-venderem-na-internet/