Varejo da região deve fechar 2018 com aumento de 11% no faturamento

17 . dez . 2018 Print This Article

O comércio varejista da região de Campinas deverá encerrar 2018 com um faturamento 11% maior que o registrado em 2017. A estimativa é que as vendas do ano alcancem R$ 62,2 bilhões, contra os R$ 56 bilhões do ano passado. De 2016 para 2017, o crescimento foi de apenas 3%.

Os dados são do SindiVarejista de Campinas e Região em parceria com a FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) e apontam também expectativa otimista para dezembro, mês do Natal. A previsão é que as vendas também cresçam 11% em relação a 2017, atingindo R$ 6,4 bilhões. Esse resultado é R$ 643 milhões superior ao apurado em dezembro do ano passado, que foi 3% maior do que dezembro de 2016.

Para a presidente do SindiVarejista, Sanae Murayama Saito, esse resultado é bastante significativo apesar da queda acentuada no varejo nos últimos anos. “O ganho de confiança dos consumidores nos últimos meses, principalmente pela expectativa positiva com o novo governo, retoma o caminho do crescimento”, explica a presidente. Segundo ela, com um grau de confiança maior, as vendas de produtos que requerem parcelamento, como eletroeletrônicos ou móveis e decorações, tendem a reagir bem.

Com esse desempenho, a região de Campinas deverá ter a segunda maior participação nas vendas do varejo no Estado de São Paulo, entre as 16 regiões analisadas pela pesquisa, respondendo por 9% do faturamento anual total.

Sanae explica que em 2017, Campinas viu um modesto crescimento de 2% a 3% nas vendas, abaixo dos quase 5% em média no estado. “Neste momento, há setores que se recuperam mais aceleradamente como a indústria, depois de muitos anos de queda, e na região há forte representatividade deste setor, especialmente a cadeia automotiva”, afirma.

Para ela, a cidade que tinha uma base de comparação mais deteriorada e largou tardiamente na corrida da recuperação, faz um esforço para alcançar outras regiões. “Acreditamos que a região poderá obter sucesso se de fato as perspectivas forem se tornando realidade ao longo de 2019”, finaliza.

Região de Campinas

Águas de São Pedro, Americana, Araras, Artur Nogueira, Campinas, Capivari, Charqueada, Cordeirópolis, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Hortolândia, Indaiatuba, Iracemápolis, Leme, Limeira, Mombuca, Monte Mór, Nova Odessa, Paulínia, Piracicaba, Rafard, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Bárbara d’Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Maria da Serra, São Pedro, Sumaré, Valinhos.


Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

TAG
campinas comércio dados faturamento fecomercio imprensa lucro Natal números pesquisa varejo
CATEGORIAS
Releases SindiVarejista