Vendas de TVs no varejo vão bem, diz Luiza Trajano em São Paulo

29 . maio . 2014 Imprimir esse Artigo

A presidente do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, considerou que as vendas de TVs no varejo como um todo estão tendo resultados positivos entre os meses de abril e maio. Em São Paulo, ela evitou dar detalhes, mas considerou que uma parte das vendas já havia sido antecipada para o primeiro trimestre.

A executiva afirmou que não poderia responder pelos número do Magazine Luiza, mas sim    pelo varejo, já que ela é membro do Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV). Segundo ela, os resultados de abril e maio já sinalizam crescimento nominal de dois dígitos no setor.

Luiza respondeu ainda sobre possíveis impactos da Copa do Mundo na abertura de lojas. Ela afirmou que o varejo negocia com prefeituras para que não haja excesso de feriados. Disse que a expectativa é de que sejam declarados feriados apenas nas cidades-sedes e nos dias em que houver jogos da seleção brasileira no local. Para cidades menores, ela espera que as lojas fechem apenas por aproximadamente duas horas em dias de jogos.

"Estamos lutando para que existam menos feriados porque não seria razoável ter seis ou sete feriados num mês", disse. "Se isso acontecesse, poderia haver um impacto de 20% a 30% nas vendas do varejo", considerou, descartando essa possibilidade.

O presidente do Instituto e da Riachuelo, Flávio Rocha, comentou sobre as vendas no vestuário. Na avaliação do especialista, o clima destes meses de abril e maio não tem favorecido as vendas. As lojas estão no momento com coleções de outono e inverno e Rocha considerou que o clima está bem ameno.

AGÊNCIA ESTADO

CATEGORIAS
SindiVarejista