Empresários e empreendedores participam de palestra promovida pelo SindiVarejista

01 . set . 2022 Print This Article

Empresários e empreendedores do varejo se reuniram na noite desta quarta-feira, 31, no Salão Vermelho, da Prefeitura Municipal de Campinas , para assistirem a palestra gratuita promovida pelo SindiVarejista em parceira com o Sebrae Campinas.

Com o tema: “Como a tecnologia vai mudar as empresas”, o especialista Douglas Marangoni compartilhou conhecimento e dicas importantes para que os empreendedores entendam as novas tecnologias aplicadas as vendas e a marca que a cada estão deixando o setor cada vez mais competitivo, exigente e mutante.

A palestra também contou com apoio do Senac, Sicoob, Sescon, FecomercioSP e Sindilojas. Além do apoio da Prefeitura de Campinas que cedeu o espaço para a palestra.

“A tecnologia chegou para ficar e a cada dia surgem novas ferramentas, mas infelizmente alguns empresários ainda não se deram conta que é uma nova realidade mundial, que necessitam estar conectados e interagindo com os seus clientes. A geração Z é a primeira a nascer 100% na era da tecnologia, ou seja, pessoas com até 26 anos da data de hoje é considerada geração Z, será que você tem clientes nesta faixa etária?Uma coisa que não podemos esquecer é que por mais que a tecnologia tenha avançado, precisamos sempre lembrar que do outro lado da mensagem está um ser humano, então a minha sugestão é humanizar a tecnologia, para gerar competitividade com os gigantes do mercado, precisamos criar um diferencial”, afirmou o especialista em sua palestra.

Marangoni ainda afirmou que toda a empresa com exceção as filantrópicas foram criadas para gerar lucros, sendo assim a única forma de ser conquistar uma lucratividade é tendo uma boa gestão empresarial controlando todos os seus custos, gastos e investimento, através de projetos bem definidos e otimizando as suas vendas para potencializar sua lucratividade. “Infelizmente muitos empresários focam apenas na gestão financeira, onde no meu entendimento é a ponta do iceberg, porque quando se apura o demonstrativo de resultado ou fluxo de caixa a transação comercial já foi realizada, ou seja, apenas podemos remediar ou evitar que isso ocorra novamente. Desta forma o ideal seria as empresas focarem os seus esforços no departamento de compras, no departamento comercial e no produtivo que muitas das vezes ocorrem grandes vazões e acaba passando despercebido. Por isso sempre digo que se cuidarmos das pessoas, ou seja, dos nossos colaboradores e conseguirmos fazer com que o propósito do colaborador esteja atrelado ao propósito da empresa, possivelmente a empresa terá uma ótima saúde financeira”, disse.

“A palestra foi muito boa poque toda inovação tem que ser multiplicada e cutucar as pessoas a pensar no novo. O que aprendemos no ano passado, muitas vezes pode não servir nesse ano. As coisas não são mais duráveis como antigamente, elas são mais volateis e isso faz com que tenhamos que correr atrás de tudo o que existe de novo por ai. Coisas que muitas vezes não conseguimos nem entender. O que temos é que enxergar e perceber como trata-los. Não existe um tratamento único para todos os clientes, então é preciso ter um tratamento diferenciado. Muitas vezes o comerciante com sua vida corrida não percebe e essa não percepção faz com que ele patine”, afirmou a presidente do SindiVarejista, Sanae Murayama Saito.

Confira fotos do evento:

TAG
SindiVarejista
CATEGORIAS
SindiVarejista