Papelaria lança site próprio para vendas e aumenta faturamento

05 . abr . 2021 Print This Article

Uma papelaria de São Paulo deu uma reviravolta nos negócios em 2020 usando a tecnologia. Foi com a digitalização que o pequeno comércio de bairro enfrentou as incertezas causadas pela pandemia do coronavírus.

“Hoje em dia você não pode ficar mais só no espaço físico, o empresário tem que entender que o campo virtual é presente e é futuro”, afirma Alessandra de Paula, uma das sócias.

A papelaria do Wilson de Paula e das filhas foi fundada na década de 70. O PEGN mostrou a história do negócio em julho de 2020.

Na época, de portas fechadas, Wilson direcionou as vendas para as redes sociais e colocou delivery próprio. Ele também começou a vender em marketplaces.

Com o e-commerce, o objetivo é que a experiência do cliente nesses 46 anos de negócio físico também seja vivida no mundo online.

A loja virtual acaba de ser lançada. A expectativa é que ela supere as vendas feitas nos marketplaces, que hoje respondem 20% do faturamento da papelaria, sem contar as taxas pagas.

Os kits infantis, que ajudaram a recuperar o faturamento no ano passado, agora viraram kits de motivação para enfrentar a maratona de aulas on-line.

“A nossa proposta é intercalar durante as aulas on-line atividades simples. Fazendo uma pintura, colocando pipoca em bola de isopor para criar um boneco, ou até mesmo uma massinha”, conta Alessandra.

O faturamento de antes da pandemia já foi recuperado. Agora, Wilson e as filhas se preparam para dar conta das três frentes de trabalho: loja física, marketplace e o recém-nascido site próprio.

Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios


Fique por dentro das novidades do SindiVarejista.

=> Cadastre-se no nosso Boletim de Notícias (Newsletter). Basta preencher  o formulário ao final da página.

=> Acompanhe as novidades pelo nosso Facebook  Instagram e Linkedin

 

TAG
comércio pandemia papelaria SindiVarejista sindivarejisy
CATEGORIAS
Conexão Empresarial