Dê atenção ao estoque da sua empresa

26 . abr . 2017 Print This Article

Planejar e controlar efetivamente o estoque da empresa é essencial para a saúde financeira de um negócio. Não é uma tarefa fácil por exigir disciplina e atenção, mas é perfeitamente viável e há processos simples que podem ser implementados.
Davi Jerônimo, consultor do SebraeSP, explica que a gestão ineficiente do estoque gera problemas sérios no planejamento das vendas e giro de caixa, colocando em risco a saúde financeira do negócio.

Carlos Pedrosa, também proprietário da loja, afirma a importância da boa gestão do estoque. Foto: Adriano Rosa/SindiVarejista

Já quando o estoque é gerenciado de forma eficiente, a empresa tem condições de comprar produtos com preços melhores,
tem um fluxo de caixa mais sustentável, viabiliza o pagamento de fornecedores em datas estratégicas etc.

“As empresas, especialmente as pequenas, não têm estatísticas e números, de forma que as compras são feitas de forma empírica, com base na experiência ou dedução. Isso impacta no giro de caixa”, disse.

Para pequenas empresas, a dica do especialista é realizar a média aritmética das vendas: cálculo das vendas anteriores, verificando qual produto tem mais saída e, fazendo assim, uma média das vendas realizadas. Com isso, é possível fazer compras com mais consciência e ter melhor fluxo de caixa. Jerônimo também ressalta a importância de manter o estoque
mínimo.

“Antigamente, as empresas compravam itens para formar o estoque a médio e longo prazo. Hoje, os fornecedores fazem entregas a cada semana. Após a ‘revolução do estoque’, a tendência é ter o mínimo”, explica.

Marcio Tonelli, proprietário do Pet Natural, um pet shop em Campinas que trabalha com a venda de produtos naturais
para animais, conta que conseguiu resultados significativos em sua empresa a partir do gerenciamento correto do

Dê atenção ao estoque da sua empresa estoque. Ele passou por uma consultoria do Sebrae e faz um controle rigoroso dos itens que são vendidos na loja. “Hoje controlamos o ciclo de vendas, fazendo compras otimizadas, de modo que o pagamento aos fornecedores seja intercalado e não coincidam”, conta.

Para esse controle, os dados são inseridos em um uma planilha. Mas o empresário alerta: é preciso ter atenção e disciplina
para manter esse controle. “Com certeza hoje temos um caixa mais saudável, pois além de otimizar as vendas, conseguimos
melhores condições de compra dos nossos produtos”, afirmou.


Dica do especialista: como inovar o estoque sem riscos de prejuízos?
Quer inserir um novo produto na sua loja sem correr grandes riscos de ficar encalhado e perder o investimento? A dica do especialista Davi Jerônimo é simples: ter cautela e fazer a compra de um lote mínimo deste novo produto. “É sempre importante inovar o estoque, mas o conselho é que seja feito um teste antes de fazer grandes compras”, afirma. Dessa forma,
é possível sentir o interesse da clientela com os novos produtos e evitar promoções e ofertas desnecessárias para desencalhar o estoque.

Clique aqui e confira a edição completa do Nosso Varejo

TAG
campinas comércio especialista estoque jornal nosso varejo
CATEGORIAS
SindiVarejista