Repis ajuda a manter a sustentabilidade financeira das empresas

07 . out . 2019 Print This Article

O Regime Especial de Piso Salarial (Repis) permite que Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) do setor de comércio pratiquem valores menores que os pisos salariais.

Isso é um excelente recurso para manter a sustentabilidade financeira das empresas, uma vez que redução anual dos custos com a folha de pagamento é de aproximadamente 7%. Confira abaixo a tabela de salários com e sem Repis!

Além de evitar demissões por questões de ordem econômica, o regime se mostra uma oportunidade de crescimento para os negócios.

Um estudo feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) aponta que mais de 50% das companhias desses portes encerram suas atividades com até cinco anos de vida.

A redução de custos significa uma vantagem para a empresa que adota o regime. A empresa passa a ter maior margem de lucro, que pode se converter em investimentos e mais segurança para planejar e alongar a expectativa de vida.

Regras

O Repis só pode ser aplicado às novas contratações nas empresas, ou seja, as que ocorrerem após a adesão ao regime. Caso seja utilizado para os empregados já existentes, a medida implicaria em redução salarial, prática que vedada pela Constituição Federal.

A adesão poderá ser feita a qualquer momento, lembrando que somente nos pedidos de renovação é que se faz necessário observar os prazos estabelecidos pela Convenção Coletiva de Trabalho.

Cuidados jurídicos

As empresas precisam cumprir fielmente todos os requisitos previstos para sua adesão, uma vez que constatada qualquer irregularidade a empresa poderá ser desenquadrada do regime, o que ocasionará na sujeição do pagamento de todas as diferenças salariais devidas aos empregados registrados pelo piso diferenciado.

Vale lembrar que o Repis é reconhecido pelo Tribunal Superior de Trabalho como atesta essas decisões. Clique aqui!

CONFIRA AS DIFERENÇAS

Salário sem Repis:
Empregados em geral (mês) – R$ 1.449,00
Empregados em geral (ano) – R$ 18.837,00

Salário com Repis:
Empregados em geral (mês) – R$ 1.350,00
Empregados em geral (ano) – R$ 17.550

Economia anual
Considerando 12 meses + 13º salário – R$ 1.217,00 por funcionário

*** Vale lembrar que o salário de Repis é válido para Campinas, Paulínia e Valinhos.

 


Fique por dentro das novidades do SindiVarejista.

=> Cadastre-se no nosso Boletim de Notícias. Basta preencher  o formulário ao final da página.

=> Acompanhe as novidades pelo nosso Facebook

Assessoria de Imprensa Sindivarejista (imprensa@sindivarejistacampinas.org.br)
Bruna Mozer e Luciana Félix – (19) 3775-5560
bruna.mozer@sindivarejistacampinas.org.br ; luciana.felix@sindivarejistacampinas.org.br

TAG
economia emprego ME pisos salariais repis SindiVarejista
CATEGORIAS
SindiVarejista